Estendendo a mão!

The English version of the text is below

Uma parábola muito conhecida fala sobre a possibilidade de quebrar um graveto, onde fazer isso com um, isolado, é fácil, mas junto e unidos com vários, torna-se quase impossível. Na história da nossa espécie humana foi o mesmo. Sobrevivemos às adversidades que nos foram impostas graças a cooperação entre indivíduos. Nossa capacidade cognitiva e poder de gerar e vivenciar símbolos em comum permitiu que laços e uniões acontecessem. Ao contrário do que muitos imaginam, não foi o ambiente competitivo que nos fez superar os percalços da vida; foram inúmeras e inúmeras redes colaborativas que nós, consciente ou inconscientemente, criamos no decorrer dos tempos.

Devido a pandemia todos os dojos de Aikido fecharam. Após 5 meses, alguns reabriram, seguindo as leis locais, mas ainda sem contato e com todo um protocolo, outros permanecem com as portas fechadas. Se em qualquer área isso é um problema, para as artes marciais pode ser um pouco maior. Por ser uma atividade de contato, muitos terão receios em voltar a treinar e novos praticantes podem ser raros de surgir.

Verdade seja dita, mesmo antes nossa arte já enfrentava dificuldades para atrair alunos e manter seus locais de prática em funcionamento. Por inúmeras razões já estávamos num declínio. Mesmo assim, alguns bravos e dedicados Aikidokas vem há anos remando contra a corrente. Primeiro, profissionalizaram-se num meio que a franca maioria é amador. Segundo, tinham seus próprios espaços, sendo além de instrutores, gestores de dojos.

Tenha uma profunda admiração por esses corajosos. Sou há 18 anos profissional de Aikido, esse é o meu trabalho. Porém, não tenho um dojo, logo não tive gastos fixos com um espaço fechado nesse período. Não foi o caso de muitos dos meus amigos e colegas de profissão. Vivendo as dificuldades que todos estamos passando, sempre penso em como eles estão lidando com isso e como posso ajudar.

Numa conversa com minha amiga Raquel Galhardi, chegamos à conclusão que era hora de agir. Juntos, e com o apoio do Canto do Corpo, elaboramos esse evento que irá ocorrer no sábado, dia 29 de Agosto, e que tem como objetivo arrecadar fundos para dojos e seus respectivos instrutores: Dojo Pipa – Círculo de Aikido, do Luis Gentil sensei; Kyowa Aikido Dojo, do Jeferson Soares sensei; e Campinas Aikikai, do Caio Sales sensei. 75% da verba arrecada irá para eles; os outros 25% serão usados para a criação de um fundo voltado para o Aikido, que servirá para financiar futuras atividades, como seminários, bolsas de estudos e outras mais.

link para inscrição: https://forms.gle/Ua3WSZv7VyLTSZSf8

 O evento contará com uma aula on-line e um debate muito interessante sobre “O corpo e o Aikido”. Estarei como professor da aula prática e mediador do debate, que na minha opinião é imperdível. O tema será discutido por 4 praticantes de Aikido: Dra. Karine Sarro, PHD em Biomecânica, Professora e Pesquisadora da FEF/UNICAMP; Dra. Isadora Furigo – Neurocientista, Pós-doc em Fisiologia Humana / Unv. Cambridge & USP; Dr. Bruno Machado Doutor em Filosofia pela Unicamp, Professor e Pesquisador na Universidade Federal de Sergipe; e Ricardo Neves, Ator, Bailarino, Diretor Artístico e Professor de Contato e Improvisação.

Todo praticante de Aikido já escutou, ou falou, “segura meu pulso”. Nessa pandemia, não estamos podendo treinar em contato com os parceiros, então, acho que a frase do momento é “estenda a sua mão”. Cada um de nós pode ajudar o próximo de alguma forma. Esse evento é uma forma de celebrarmos uma paixão em comum e ao mesmo tempo dar um suporte para manter esses espaços seguros diante a crise que estamos passando. Estenda sua mão ao próximo, unidos seremos mais fortes!

link para inscrição e doação: https://forms.gle/Ua3WSZv7VyLTSZSf8

English Version

Extend your Hand!

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto que diz "-AN ONLINE LESSON- AIKIDO With Leonardo Sodré sensei -an informal talk on BODYWORK in the Martial Arts August 29 03:00pm- Practice 05:00pm Theory Lessons using Zoom Conscious Donation Proceeds shall be transferred to the following dojos: Pipa Dojo Luis Gentil sensei Kyowa Aikido Dojo Jeferson Soares sensei Campinas Aikikai Caio Sales sensei partnership: CANTO 1 PCORPO A"
link for registration and donations: https://forms.gle/bfZEXS9bovLDtMZx9

A well-known parable talks about the possibility of breaking a stick, where doing it with one, isolated, is easy, but together and united with several, it becomes almost impossible. In the history of our human species it was the same. We have survived the adversities that have been imposed on us thanks to cooperation between individuals. Our cognitive ability and power to generate and experience symbols in common allowed bonds and unions to happen. Contrary to what many people imagine, it was not the competitive environment that made us overcome life’s mishaps; there were countless and countless collaborative networks that we have consciously or unconsciously created over time.


Due to the pandemic, all Aikido dojos closed. After 5 months, some reopened, following local laws, but still without contact and with an entire protocol, others remain behind closed doors. If for any area this is a problem, for the martial arts it can be a little bigger. As it is a contact activity, many will be afraid to return to training and new practitioners may be rare to emerge.


Truth be told, even before our art was already struggling to attract students and keep their places of practice up and running. For a number of reasons we were already in decline. Still, some brave and dedicated Aikidokas have been rowing against the current for years. First, they became professional in an environment that the overwhelming majority is an amateur. Second, they had their own spaces, besides being instructors, they are dojo managers.


Have a deep empathy for these courageous ones. I have been an Aikido professional for 18 years, this is my job. However, I don’t have a dojo, so I didn’t have fixed expenses with a closed space in that period. This was not the case for many of my friends and professional colleagues. Experiencing the difficulties we are all going through, I always think about how they are dealing with it and how I can help.
In a conversation with my friend Raquel Galhardi, we came to the conclusion that it was time to act. Together and with the support of Canto do Corpo, we prepared this event that will take place on Saturday, August 29, and which aims to raise funds for dojos and their respective instructors: Dojo Pipa – Aikido Circle, by Luis Gentil sensei; Kyowa Aikido Dojo, by Jeferson Soares sensei; and Campinas Aikikai, by Caio Sales sensei. 75% of the money raised will go to them; the other 25% will be used to create a fund for Aikido, which will be used to finance future activities, such as seminars, scholarships and more.


The event will feature an online class and a very interesting debate on “The body and Aikido”. I will be as a teacher of the practical class and mediator of the debate, which in my opinion is a must. The theme will be discussed by 4 Aikido practitioners: Dr. Karine Sarro, PHD in Biomechanics, Professor and Researcher at FEF / UNICAMP; Dr. Isadora Furigo – Neuroscientist, Postdoc in Human Physiology / Unv. Cambridge & USP; Dr. Bruno Machado PhD in Philosophy from Unicamp, Professor and Researcher at the Federal University of Sergipe; and Ricardo Neves, Actor, Dancer, Artistic Director and Contact and Improvisation Teacher.


Every Aikido practitioner has heard, or said, “grab my wrist”. In this pandemic, we are not able to train in contact with partners, so, I think the phrase of the moment is “extend your hand”. Each of us can help others in some way. This event is a way to celebrate a common passion and at the same time provide support to keep these spaces safe in the face of the crisis we are experiencing. Extend your hand to others, together we will be stronger!

link for registration and donations:

https://forms.gle/bfZEXS9bovLDtMZx

4 comentários em “Estendendo a mão!

Adicione o seu

  1. Fiquei emocionada com suas palavras sensei! Muito obrigada pela iniciativa, dedicação e união.
    Podemos ajudar de alguma forma.
    Lindo texto! ❤️🙏

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: