Muito obrigado, Ono sensei!

“em mundo tão singular
que o viver é só sonhar
e a vida ao fim nos imponha
que o homem que vive, sonha
o que é, até despertar.”

A vida é sonho, Pedro Calderón de la Barca

Tinha 14 anos de idade quando, com um grupo de amigos, visitei o Dojo da APA para conhecer mais um local de Aikido. Eles estavam interessados em treinar essa arte, eu não. Porém, ao ver um senhor japonês de setenta anos caminhando em direção ao tatame, senti que era com ele que iria treinar. Não escolhi o Aikido, escolhi treinar com o Ono sensei, e assim foi.

Nos primeiros seis meses de treino, não me encantei com a prática. Achava bem diferente das artes marciais que conhecia. Um dia, falei para meu amigo que se eu não recebesse um golpe do Ono sensei, que até então nunca tinha encostado em mim, largaria o Aikido. Na época, treinava somente três vezes na semana, sendo apenas as quartas feiras que tinha aulas com o mestre. Lembro bem desse instante, eram quase nove horas da noite, o treino estava encerrando e sabia que seria minha última aula. Estávamos fazendo Suwari waza Kokyu Ho, quando percebo o Ono sensei se aproximar e pedir para meu parceiro se afastar. Ele virou para mim e disse:

− Segura!

Lembro que agarrei com tudo, ele apenas riu e falou:

− Só isso, assim é muito fraco!

Comecei a segurar mais forte, ele riu. Quando abri o olho, estava do outro lado do tatame, sem entender o que tinha acontecido e como tinha parado lá. Nisso, o Ono sensei encerra a aula e acendia em mim o desejo de treinar. A partir daí, ia todos os dias para o Dojo. Não treinava pelas técnicas do Aikido, era pela técnica do Ono sensei, e assim foi.

Pouco a pouco, através dele, descobri a riqueza do Aikido. Sabiamente, de forma suave, ele cortava o cordão umbilical, essa dependência que tinha na sua figura, para mostrar que tudo aquilo que me encantava estava no caminho, no Aikido em si, não nele. Assim, quando percebi, já amava essa arte mais que tudo.

Em paralelo a essa descoberta do Aikido, percebia que tudo o que ele me ensinava ia muito além do tatame, era sobre viver. Sempre que me perguntam o que o Ono sensei representa para mim ou o que aprendi dele, nunca me veio outra resposta a não ser essa: Vida! Inexplicavelmente, sempre me senti vivo no tatame, a tal ponto, que foi natural tornar o Aikido a minha vida, e assim foi.

            Nas suas aulas, o Ono sensei sempre falava que o sonho dele era levar o Aikido para muitas pessoas, que era essa a sua missão. Na sua forma de ensinar, sempre através de metáforas, dizia ser apenas uma vela, que acendia outras e assim, quem sabe um dia, essas velas juntas iriam iluminar o mundo. Hoje, a vela que me acendeu se apagou, mas deixou incontáveis acesas, que tenho certeza continuarão esse sonho. Não tenho palavras para agradecer a ele, como retribuir alguém que te faz sentir vivo e que te fez sonhar?

            Vida e sonho, duas palavras que muitos colocam em oposição, o Ono sensei me fez ver que são sinônimos. Só estamos realmente vivos quando temos um significado para vida, um sentido, um sonho. Hoje, o Ono sensei despertou, e eu aqui sigo a sonhar. Acenderei outras velas até eu despertar. Muito obrigado meu mestre, desperte em paz!

10 comentários em “Muito obrigado, Ono sensei!

Adicione o seu

  1. Quando minha paixão pelo Aikido virou amor e decantou, separou a Arte dos mestres. Hoje percebo que só assim posso cultivar mais a Arte e admirar melhor os mestres, mesmo através. Minha vela não havia apagado, mas senti na APA, mesmo treinando apenas contigo, o acolhimento necessário para proteger a chama. Obrigada Leo Sensei, muito obrigada Ono sensei, chama acesa, obrigada.

    Curtir

  2. Não conheci o Sensei Ono, mas através de seus frutos, sei como é sentir a perda de uns dos maiores representantes do AIKIDO no Brasil.
    O AIKIDO perde uma grande referência, mas seus filhos, mostraram o caminho, para aqueles que quiserem aprender.

    Curtir

  3. Tive a honra de ser examinado por Ono Shihan em 2007 no meu Shodan, estando ele na banca ao lado de Kawai Shihan, Nagao Sensei, Arai Sensei e entre tantos outros grandes nomes do Aikido do Brasil.
    Momento de plenitude, sob o olhar complacente e amoroso deste grande Sensei, sim, eu me recordo nos mínimos detalhes.
    Sempre simpático e muito receptivo e acessível, a marca maior de Ono Sensei foi sua afetividade e tratamento indistinto à todos, a mim sobretudo, as melhores lembranças da verdadeira postura de quem vem com o papel do verdadeiro professor, sem restrições e com o coração puro e aberto.
    Dono de uma técnica igualmente plástica e marcial, foi seguido por muitos, inclusive a mim, cujos registros com ele, não consegui encontrar para publicar a todos vocês, minha desatenção e imaturidade à época, como sempre um aprendizado duro e permanente, que persisto em desaprender, hoje mais arguto e consciente, da importância do momento que se eterniza.
    Meus mais profundos sentimentos à família APA – Aikido Pesquisa, essa gloriosa instituição, que tanto promove no âmbito do Aikido e da Cultura Japonesa, um trabalho de absoluta qualidade, respeito aos costumes e tradições e um exemplo a ser seguido, hoje e sempre.
    Eu, João Chaves, em nome da Associação Inter-Regional de Aikido da Bahia e em nome de todos os integrantes, associados e amigos presto minha homenagem e gratidão à Ono Shihan; que sua jornada pela Ame no Ukihashi seja plena de luz como cabe aos grandes mestres que passam pela nossa vida.
    Domo arigato Sensei e até breve ✨🙏

    Curtir

  4. Ono Sensei nesse breve tempo em que tive o prazer de participar de momentos, aulas e conversas com ele, aprendi muito. Para mim foi um grande exemplo de superação e é o que me faz persistir no caminho.
    Ele sempre vai estar no meu coração e no meu dia a dia.
    🙏🙏🙏🙇‍♂️

    Curtir

  5. Lindo depoimento, Leonardo sensei. Sabemos que nosso tempo se acaba a cada instante aqui na Terra. E precisamos, valer a pena o que nos espera. E Ono Sensei o fez. Abraços.

    Curtir

  6. Lindo texto Sensei!
    Queria deixar um abraço fraternal para todos os alunos do Ono Sensei nesse momento de transiçao.
    Minha gratidao pelo ensinamento que o Ono Sensei deixou e pelo amor/entusiasmo da pratica que ele conseguiu transmitir aos seus alunos.
    Muita luz para todos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: